Histórias do programa Valor em cadeia

Instituto C&A em 23 de março de 2018

José Santana jamais poderia imaginar que sua vida mudaria tanto em tão pouco tempo. Ele ganhou um sócio, mudou de endereço, regularizou tudo o que precisava para receber a certificação da Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX) e mais do que dobrou a produção da sua oficina. “Aconteceu tudo muito rápido, antes mesmo de concluir o programa Valor em Cadeia”, lembra Santana, “minha mulher e eu trabalhamos juntos por 18 anos, no mesmo lugar em que morávamos e onde criamos nossos três filhos.” Mas José já não podia mais continuar vivendo assim. Até dezembro de 2017, sua confecção teria de se adequar às exigências da ABVTEX ou perderia os clientes que trabalham apenas com oficinas certificadas.

Na publicação do programa Valor em Cadeia, lançada pelo Uniethos, com nossa parceria, (faça o download aqui) você vai encontrar histórias de pequenos e médios empreendedores da indústria da moda, como o José Santana, que confirmam: sim, é possível ter um negócio lucrativo e, ao mesmo tempo, garantir condições de trabalho dignas e boas práticas ambientais. São relatos de empreendedores que optaram por sair da informalidade e, com isso, viram crescer o seu negócio, melhorando as condições de vida das pessoas que trabalham nele e até da comunidade.

Saiba mais

O programa Valor em Cadeia promoveu a formação de fornecedores da indústria da moda e da construção civil nas áreas de sustentabilidade e de gestão de negócio e de pessoas. A iniciativa apoiou micro, pequenas e médias empresas na implementação de um modelo sustentável de negócio. Com o apoio técnico e financeiro do Instituto C&A, o UniEthos elaborou a metodologia que foi aplicada a 60 oficinas de costura, sendo a maioria delas fornecedora e subfornecedora da C&A. Também participaram do programa oficinas que atendem outras marcas do setor, indicadas pela Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX).

O programa é resultado de uma parceria entre Instituto C&A, C&A, Cyrela, Instituto Cyrela, MRV Engenharia, Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), ABVTEX, Serviço Social da Construção (SeconCiSP) e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Conheça a metodologia e faça o download de outras publicações do programa


 Fotos: Tatiana Cardeal