Instituto C&A apoia o projeto "Materioteca" da MateriaBrasil

Instituto C&A em 28 de maio de 2018

O projeto “Materioteca” está no ar desde 2014 e funciona como uma plataforma gratuita, com a funcionalidade de um banco de dados, que cataloga e analisa materiais, produtos e serviços socioambientalmente responsáveis disponíveis no Brasil. “Toda alternativa catalogada online passa por seis indicadores de responsabilidade socioambiental. A informação resultante é publicada e traduzida para uma linguagem mais simples, já que muitas vezes é de difícil compreensão para o público geral. Nosso objetivo é fornecer parâmetros para que os usuários possam tomar decisões conscientes dos impactos que estão causando”, explica Manuela Yamada diretora do Materioteca
.

Como parte de seu programa de Moda Circular, o Instituto C&A está apoiando a MateriaBrasil, empresa responsável pela plataforma, a iniciar um aprimoramento da ferramenta. O projeto inclui um redesenho dos seis indicadores de responsabilidade socioambiental para que estejam mais alinhados com os princípios da economia circular e para que forneçam referências tanto qualitativas como quantitativas. Assim como ampliar o acervo ligado a indústria da moda. “O projeto promove a conexão entre os fornecedores, os criadores e usuários finais com o objetivo de aquecer o mercado. Então, quanto mais conseguirmos repensar a forma como consumimos e fazemos negócios maiores as nossas chances de viver em uma sociedade mais em sintonia com o meio ambiente e com o outro”, afirma Manuela.

A ferramenta é voltada para profissionais ligados à indústria da moda, porém ela possibilita ainda que os próprios consumidores façam escolhas mais sustentáveis, já que cataloga marcas de roupa que utilizam algodão orgânico em suas peças, ou empresas de calçados que são confeccionados a partir de resíduos têxteis industriais. “Acreditamos que se atuarmos na base, criamos efeito cascata. A Materioteca é uma grande contribuição para a moda, pois entrega aos estilistas e designers um local onde encontram soluções de impacto positivo para suas necessidades, além de parâmetros para basearem suas escolhas de acordo com a necessidade do projeto. Além disso, para o consumidor final, a Materioteca também é um local onde ele encontra marcas que já estão trabalhando para mudar a sustentabilidade na moda”, finaliza Manuela. 

Quem participa do Marioteca: 


• MateriaBrasil
Manuela Yamada - diretora do projeto
Bruno Temer - engenheiro de materiais
Bernardo Ferracioli - gestor financeiro
Pedro Themoteo - designer gráfico 


• Gitec Brasil e consultores - empresa responsável pela consultoria ambiental
• Seasoned - empresa responsável pela programação 
• Produtores que contribuem para uma fabricação e consumo mais conscientes no Brasil