Relatório de tendências discute novas narrativas identitárias através da Moda

Manoela Vianna em 18 de julho de 2017

Está disponível para download o novo relatório resultado da parceria entre a Malha e o Instituto C&A, “Identidades fluidas – O poder do Self". Esse é o segundo de uma série de seis relatórios que irão compor o “Caderno Futuro da Moda". Essa nova publicação aborda a construção e a expressão da identidade individual em tempos de disseminação de ferramentas de produção de conteúdo e emergência de movimentos que buscam a igualdade de direitos. São apresentados dados e casos reais que mostram as principais tendências de comportamento e consumo, além de novas narrativas relacionadas à indústria da moda.

O lançamento do relatório aconteceu na Malha, no início deste mês, com a presença da Carolina Bergier, facilitadora em alinhamento vocacional; Helena Gusmão, colaboradora da Jacaré ModaLINK; Daniel Kalleb, produtor de moda; e André Carvalhal e Herman Bessler, fundadores da Malha.


“Identidades fluidas – O poder do Self" é o segundo relatório de uma série de seis que irão compor a publicação o “Caderno Futuro da Moda". Nesse sentido, Joana Castello Branco, nossa gerente de comunicação, abriu o evento reforçando que o Instituto C&A acredita que, para a moda ser uma força para o bem, é preciso a colaboração de toda a indústria. Já André Carvalhal afirmou que, na Malha, há a crença de que conteúdo e informação devem circular.

Segundo André, “Identidades fluidas – O poder do Self" mostra o que está acontecendo com as pessoas neste momento no qual elas podem ser quem quiserem, independentemente de sua origem e de onde moram. Helena Gusmão apresentou a Jacaré Moda dizendo que se trata de uma produtora de moda e agência de modelos que mostra que a periferia é potência.

Para Carolina Bergier, as coisas estão mudando tão rápido que vivemos uma época em que não há mais modelos a serem seguidos, e se não temos algo em que nos inspirar, o que resta é o que há dentro de nós. Bergier acredita ser um desperdício muito grande de vida não fazer algo que seja relacionado com construir um mundo queremos. Neste sentido, estaríamos saindo da pergunta “você trabalha por quê?" para “você cuida de que?". E as palavras cocriando e cofundado só mostram que o que queremos é nos relacionar.

Baixe aqui o novo relatório “Identidades fluidas – O poder do Self" e a primeira publicação da série, “Era de transição". Confira as fotos do evento.

Sobre a Malha

A Malha é um movimento por uma moda justa, sustenta?vel, colaborativa e local, com sede na cidade do Rio de Janeiro. O espaço é dedicado à produção colaborativa e serve como uma plataforma de crescimento para empreendedores.

Leia também aqui sobre o debate no evento de lançamento do relatório “Era de Transição".