Resultado do edital global de moda circular

Instituto C&A em 25 de junho de 2018

O trabalho global do Instituto C&A para impulsionar uma moda mais circular acaba de ser reforçado com a aprovação de cinco novas parcerias, que irão receber um valor combinado de 1,29 milhões de Euros. As iniciativas foram selecionadas a partir do edital que buscou propostas de novos modelos de negócio para a indústria da moda, divulgado em janeiro de 2018 e que recebeu 135 propostas, sendo que 30 delas vieram do Brasil.

Modelos de negócio circular são essenciais para transformarmos a indústria da moda. Esse novo modelo deve permitir que haja condições de trabalho seguras e decentes, um meio ambiente regenerado e comunidades fortalecidas pelo setor. Porém, mesmo sabendo que algumas marcas e varejistas demonstram interesse no tema, poucas conseguem adotar modelos de negócio que farão a transformação acontecer. Assim, a pergunta-chave que queremos responder é como o mercado pode adotar um modelo circular.

Acreditamos que a revolução circular só acontecerá quando conseguirmos implementar novos modelos de negócio. Estamos contentes em poder apoiar esses cinco novos parceiros que querem fazer isso acontecer. O aprendizado que essas organizações vão construir, a partir de experiências práticas,  e irão depois compartilhar com o mercado, podem ajudar a darmos um importante passo para preencher a lacuna entre teoria e prática”, afirma Douwe Jan Joustra, Diretor global de Moda Circular.

Veja, abaixo, as iniciativas selecionadas:


·         Modelos de negócios criativos de economia circular: London Waste and Recycling Board e QSA Partners

Esta iniciativa, com base em Londres, oferecerá apoio individual a quatro varejistas e conduzirá cada uma das empresas através de um processo devidamente testado e comprovado para o desenvolvimento de modelos de negócios circulares. Três varejistas serão, então, os pilotos de um modelo de negócio circular até o fim de 2020, comprometendo-se a permanentemente levar essas ofertas até o mercado até maio de 2021.

·         O Projeto de Ativação circular: Circle Economy

Esta iniciativa, com base na Europa, irá desvendar as barreiras operacionais com relação à circularidade e criará um processo de inovação circular a ser conduzido por seis marcas ou varejistas até outubro de 2020. Uma equipe multidisciplinar guiará as marcas através do processo, de forma a aumentar suas capacidades na superação de barreiras em direção à implementação da recomercialização e do aluguel/arrendamento de modelos de negócios circulares. As lições aprendidas durante todo o processo serão usadas para desenvolver um conjunto de ferramentas de ativação offline comercialmente viáveis para amplo uso por marcas e varejistas.

·         Programa Salto Circular Ásia: Forum for the Future

Esta iniciativa apoiará a adoção de modelos de negócios circulares na Ásia através do desenvolvimento de seis novos tipos de parcerias entre empresas de produção e distribuição de vestuário. Uma grande proporção na fabricação de roupas geralmente opera com margens pequenas e enfrenta barreiras significativas na adoção de abordagens circulares em seus negócios. As novas parcerias propostas permitirão a inovação conjunta e o compartilhamento coletivo das lições aprendidas através de uma elite de profissionais da moda circular. Elas também resultarão em uma série de recomendações para a defesa liderada pela indústria, com foco nas mudanças políticas que promovem a moda circular na Ásia.

·         Formadores de mercados: World Resources Institute e WRAP

Esta iniciativa desafiará o sistema atual ao demonstrar a demanda de mercado por modelos de reutilização de roupas de mais de 20 grandes marcas de vestuário nos EUA, Reino Unido e Índia. O projeto avaliará a demanda do consumidor, guiará modelos de negócios inovadores, oferecerá uma abordagem comum à análise do impacto e identificará políticas, regulamentações e incentivos que aumentem a reutilização de roupas em cada localização geográfica. 

·         Ame cada fibra do seu ser: MADE-BY e Global Action Plan

Nesta iniciativa, executivos de marcas de varejistas baseados na Grã-Bretanha e jovens mulheres irão se reunir por meio de workshops e painéis para a cocriação de ofertas comerciais e posicionamentos de marca para produtos e modelos de negócios circulares, que têm por objetivo aprimorar o bem-estar mental de jovens mulheres. As melhores iniciativas serão compartilhadas com o público em um evento popular de moda, como o London Fashion Week.