A sabedoria enraizada nos costumes

Instituto C&A em 1 de Dezembro de 2017

No estado de Chiapas, no México, nas montanhas, você encontrará a comunidade de Chamula, conhecida pelos seus costumes. O conhecimento dos ancestrais é transmitido de geração em geração pelas mulheres da comunidade.

Juana Patishtan tem 63 anos. Ela é mãe de oito filhos, avó de dezoito netos, esposa e liderança de um grupo de artesãs. Ela abriu sua casa e compartilhou suas tradições e sua culinária conosco quando a visitamos para conversar sobre a Red Niu Matat, uma ONG Mexicana que apoia artesãos.

“Eu sou grato pela oportunidade que essa comunidade me deu de trazer a minha câmera e capturar seus costumes, suas casas (que é a própria selva) e momentos como esse, em que a paz e a sabedoria aparecem através desse olhar e dessas mãos. ” – Diz Erick, o fotógrafo que capturou as imagens de Juana.

A fiação em que Juana estava trabalhando era para ser usada para costurar cintos para um cliente internacional que comprou mais de três mil peças a um preço justo. Juana recebeu da Red Niu Matat treinamento em contabilidade, produção, corte e confecção, bem como inventário de matérias-primas -. Essas ações foram possíveis com o apoio da Campanha Mulheres que Inspiram do Instituto C&A,- Juana e suas companheiras aumentaram suas rendas e puderam  reinvestir em seus negócios. Juntas elas produziram o bolso traseiro de uma coleção de shorts de denim feminino vendido nas lojas C&A, no México, celebrando o Dia Internacional da Mulher, em 2017. Essa coleção elevou suas rendas em 152% naquele mês e trouxe artesanato de arte genuíno para a moda convencional.

“Eu sou grato pela oportunidade que essa comunidade me deu de trazer a minha câmera e capturar seus costumes, suas casas e momentos como esse, em que a paz e a sabedoria aparecem através desse olhar e dessas mãos.”

Erick Astudillo, fotógrafo.

Os retratos emocionantes do fotógrafo Erick Astudillo dos trabalhadores de fábricas no México estão na nova página do Instagram da Instituto C&A.

Nos últimos dois anos, Erick visitou trabalhadoras e artesãs em todo o México, em suas casas, escolas e ambientes de trabalho, fotografando para a campanha “Mulheres que Inspiram”.

Em seu trabalho para o Instituto C&A , ele captura a essência dos trabalhadores da indústria da moda no México e o espírito dos artesãos do sul de Chiapas. Ao apresentar uma nova visão através de suas imagens, Erick pretende ajudar em questões sociais e ambientais.

As imagens são parte de uma série que celebra as pessoas por trás das roupas. Os retratos de Erick transmitem a integridade e autenticidade das mulheres que ele fotografa. Nos próximos dois meses, o nosso Instagram apresentará o trabalho de cinco fotógrafos diferentes. Erick é o terceiro da série e seus retratos apresentam Juana.

Saiba mais sobre a Campanha Mulheres que inspiram e a rede Red Niu Matat aqui.