No Instituto C&A, acreditamos na importância de dados e pesquisa

Aqui você encontrará publicações e relatórios de dados e pesquisas encomendados pelo Instituto C&A

Avaliação do impacto social e econômico na agricultura de algodão em Madhya Pradesh

O Instituto C&A solicitou à American Institutes for Research (AIR) e sua parceira, a Outline India, que projetasse e implementasse uma avaliação do impacto social sobre as características da produção de algodão em Madhya Pradesh, na Índia.

Avaliação do impacto social, econômico e ambiental na agricultura de algodão em Madhya Pradesh

Este relatório combinado é o resultado de dois estudos encomendados pelo Instituto C&A sobre a agricultura de algodão em Madhya Pradesh, na Índia. A American Institutes for Research (AIR) e sua parceira, a Outline India, projetaram e conduziram uma avaliação de impacto social, enquanto o foco da Thinkstep India foi a avaliação do impacto ambiental.

A Transição para a moda do bem

Junto com nosso parceiro Fashion for Good, pedimos ao instituto de pesquisa de mudança de sistemas, DRIFT, o desenvolvimento de um estudo sobre as principais causas de problemas persistentes na indústria da moda e a identificação de potenciais padrões, pressões e alavancas relacionadas à mudança transformadora.

Frankly Speaking: Estudo de caso de uma Fundação focada em impactos de forma incomum

Este estudo de caso sobre o Instituto C&A é o terceiro da série “Frankly Speaking” da Giving Evidence, na qual eles compartilham e discutem exemplos interessantes na filantropia.

Relatório sobre o mercado orgânico de algodão 2018

O Relatório sobre o mercado orgânico de algodão 2018 da Textile Exchange está repleto de dados e análises, juntamente com os apanhados gerais de países cada vez mais populares e histórias condensadas, e inspiradoras, sobre o campo orgânico.

Avaliação do ciclo de vida dos sistemas de cultivo de algodão

Visando expandir o conhecimento sobre impactos ambientais, o Instituto C&A encomendou uma Avaliação de ciclo de vida (Life Cycle Assessment, LCA) da Better Cotton, de sistemas de cultivo de algodão convencional e orgânico, de acordo com os princípios da norma ISO 14040/44, para documentar os resultados. A LCA é uma ferramenta reconhecida que quantifica impactos ambientais dos sistemas de produtos ou dos produtos, e ajuda a descobrir potenciais de melhoria.

Cotton Up: Um Guia para Aquisição de Algodão Sustentável

CottonUp, um guia prático para aquisição de algodão mais sustentável. O guia foi criado com a visão de uma indústria de algodão que é uma força para o bem dos trabalhadores e do meio-ambiente ao longo de toda a cadeia de suprimentos.

Programa Drip Pool: Mecanismo financeiro inovador gerenciado pela comunidade

O Programa Drip Pool do Instituto C&A destaca a importância de iniciativas agroecológicas e a colaboração em toda a indústria para melhorar os meios de subsistência de pequenos agricultores, ao mesmo tempo em que aborda os desafios ambientais.

De boicote a uma explosão? Um mapa socioambiental da indústria de vestuário de Myanmar em 2016

O Instituto C&A encomendou à Impactt - consultoria especializada em comércio ético, direitos humanos e padrões de trabalho - uma analise do impacto socioambiental do dramático crescimento da indústria de vestuário de Myanmar.

Relatório encoraja seguro nacional contra lesões

Um novo relatório da Universidade de Sussex intitulado “Direito dos Trabalhadores à Compensação após os Desastres na Fábrica de Vestuário: Fazer dos Direitos uma Realidade” exige as mudanças necessárias para garantir a remuneração dos trabalhadores como um direito, e não como uma forma de caridade.

Relatório PAN sobre dependência de produtos químicos usados no algodão

O algodão suporta cerca de 100 milhões de famílias rurais em todo o mundo e fornece emprego e renda. Mas o algodão também tem sido associado a diversos problemas: desde o trabalho forçado e infantil até o envenenamento de agricultores e suas famílias por pesticidas e a poluição ambiental. Uma série de iniciativas já está lidando com esses problemas, mas ainda há muito a fazer.

Defendendo uma tese pela resolução de conflitos

Uma nova pesquisa da Business for Social Responsibility (BSR) explorou o impacto do sistema de resolução de conflitos trabalhistas de Myanmar, uma vez que o país continua a abrir suas fronteiras para cadeias de fornecimento internacionais. O sistema foi estabelecido em 2012 para proteger e fazer cumprir os direitos e obrigações dos trabalhadores e empregadores em todas as indústrias, e tem obtido bons resultados no setor de vestuário.

O que incentiva a moda sustentável: lições de empreendedores

Aproximadamente 75 milhões de pessoas são empregadas atualmente pela indústria de vestuário. É um número que praticamente quadruplicou nos últimos 15 anos. Com seu crescimento exponencial, os custos da moda também aumentaram. Mas enquanto os críticos dizem que mudar o comportamento das empresas simplesmente não é lucrativo, os inovadores sociais estão provando que existem maneiras criativas e práticas de trazer fábricas e marcas a bordo.

Força de trabalho do setor de vestuário de Yangon

Em maio de 2017, o Instituto C&A incumbiu a Enlightened Myanmar Research Foundation e a Andaman Research & Advisory para a realização de um estudo sobre a força de trabalho do setor de vestuário. O Instituto C&A e seus parceiros reconheceram a falta de fortes evidências quantitativas sobre a demografia e a situação econômica destes trabalhadores, pensando nisso, o relatório procura fornecer um primeiro passo para entender quem são e como vivem os trabalhadores desse setor em Myanmar, e como as organizações podem atuar para capacitá-los.